Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2015

Saiba como driblar a tendência e manter a forma na estação da preguiça

Imagem
Nutricionista dá dez dicas de como se alimentar corretamente nos meses de frio


      Das quatro estações, esta é considerada a mais preguiçosa do ano. São três meses em que ficamos com menos pique para sair de casa e correr no parque, andar de bicicleta ou ir à academia. Sobra vontade de ficar embaixo do cobertor, assistindo filmes, tomando chocolate quente ou comendo demasiadamente. Tudo isso favorece o aumento de peso.


    Essas mudanças na disposição e no apetite são explicadas cientificamente: com o frio, o corpo tende a gastar mais energia para manter a temperatura entre 36,5C e 37C. Além disso, nesta época acontece uma diminuição da produção de serotonina, neurotransmissor que promove sensação de bem-estar. Para suprir esta queda, a maior parte das pessoas acaba compensando com os alimentos.
     Para as pessoas que não abrem mão de manter o equilíbrio nutricional e o peso ideal, Beatriz Botéquio, consultora em nutrição da ABIMAPI aponta dez dicas para uma alimentação que promova…

Edição 87

Imagem
A edição 87 está imperdível e traz a cantora Kelly Key na capa. Na revista impressa, mostramos o treino que ela faz, falamos um pouco sobre as mudanças corporais que ela conquistou e todos os benefícios que ela ganhou ao mudar para melhor a sua qualidade de vida. A dieta, como já sabemos, também faz parte de todo e qualquer progresso físico e com ela não foi diferente. 
   Kelly Key faz  seis refeições por dia e como suplementação costuma utilizar: Vitaminas, Whey Protein, BCAA, L-Glutamina, Cromo, Chás, Ômega 3, Magnésio, Gymnea e um pré-treino manipulado contendo, entre outros compenentes, L-Carnitina, D Ribose, Cafeína e Beta alanina.
   A dieta da cantora não contém lactose nem glúten e é rica em proteína e baixo carboidrato. Confira um dia do cardápio, elaborado pela  Dra. Jaqueline Renault,  para o ganho de massa muscular que a Kelly vem buscando.


Café da manhã Tapioca com ricota light + 1 xícara café Frango desfiado 200 g Suco verde 
Colação 1 fruta (maça ou pêra) 
Almoço Batata do…
Imagem
Algumas mulheres nesta fase sentem alterações no organismo, que causam inúmeros desconfortos. Saiba como driblá-las
    A menopausa é o nome que se dá à última menstruação, que ocorre entre os 45 e 55 anos. Algumas mulheres, nesta fase, podem sentir alterações no organismo, que causam inúmeros desconfortos, como por exemplo, ondas de calor, tonturas, palpitações, suores noturnos, distúrbios do sono, depressão, irritabilidade, irregularidade menstrual, diminuição da libido, entre tantos outros.
    De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), estima-se que, em 2030, cerca de 1,2 bilhões de mulheres terão mais de 50 anos, número três vezes maior do que em 1990. “Por conta disso, o acesso às informações referentes à menopausa e suas consequências é de extrema importância, já que, devido ao aumento da expectativa de vida, a maioria das mulheres deverá viver um terço de suas vidas em estado de deficiência estrogênica, ou seja, em período pós-menopausa”, ressalta a gerente médica da un…

Idosos com artrose no joelho trocam cirurgia por exercícios físicos

Imagem
Pesquisa reuniu 50 pacientes; 40% desistiram da cirurgia após rotina de exercícios
 Uma pesquisa realizada pelo Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe) aponta que 40% dos pacientes com quadro clínico favorável à colocação de próteses no joelho desistiram do procedimento após a realização de exercícios.           O estudo foi realizado com 50 pacientes do Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE), na zona sul da capital paulista. Eles apresentavam artrose e foram selecionados pela idade avançada, em que o estado clínico é, na maioria das vezes, mais grave.

          Durante seis meses, os participantes tiveram exercícios prescritos de acordo com a condição de cada paciente, mas com ênfase em resistência e alongamento e respeitando o local solicitado por cada um, podendo ser uma hidroginástica, academia ou até mesmo atividades no próprio domicílio.

         “A prática regular de exercícios físicos vem acompanhada de benefícios que se manifestam sob todos os…

26 de Junho: Dia Nacional do Diabetes

Imagem
Data serve para conscientização sobre a doença que atinge 14 milhões de pessoas no Brasil             O dia 26 de junho é considerado o Dia Nacional do Diabetes. Infelizmente, é fácil conhecer alguém que sofre ou tem na família um parente com diabetes. Somente no Brasil, estima-se que 7,6% da população urbana entre 20 e 69 anos é acometida pela doença. Isso corresponde a cerca de 14 milhões de pessoas que vivem com o mal no país, o quarto no ranking mundial do diabetes. Mas o que é exatamente o diabetes?            “Normalmente, os alimentos sofrem digestão no intestino e se transformam em glicose, que é absorvida para o sangue. A glicose no sangue é usada pelo organismo como energia pela ação da insulina. O diabetes acontece quando o pâncreas não é capaz de produzir o hormônio insulina em quantidade suficiente para suprir as necessidades do organismo ou quando este hormônio não é capaz de agir de maneira adequada”, explica Denise Costa, endocrinologista do Hospital Barra D’Or. Existem b…

Você sabia que o milho faz bem ao coração e ajuda a prevenir doenças oculares?

Imagem
Nutricionista fala sobre seus benefícios à saúde
        O milho é cultivado há milhares de anos por diversas culturas e povos, sendo um dos ingredientes mais utilizados no todo mundo. O milho foi descoberto há mais de sete mil anos, em algumas regiões da América Central e do México e atualmente apenas 5% da produção mundial é destinada ao consumo humano, o restante é utilizado para rações de animais. Com a chegada das festas típicas juninas, ele também é protagonista de diversas receitas típicas da época de São João. A nutricionista do Hospital e Maternidade São Cristóvão, Cintya Bassi comenta os benefícios do grão e ensina uma deliciosa receita de bolo de milho integral.
        Segundo a profissional, um dos principais benefícios do grão são suas fibras, “No processo de industrialização ele não perde a casca, o que mantém as fibras do alimento auxiliando no funcionamento intestinal. Além de ser fonte de carboidrato importante para fornecer energia ao corpo,…

Os alimentos do inverno

Imagem
Dividido em praticamente 3 meses, o inverno tem alimentos de época que podem ser mais favoráveis a sua alimentação
       No inverno, a maioria das pessoas opta por fazer sopas, cozidos, caldos com legumes e verduras, e alimentos quentes de uma forma geral. Esses alimentos da época são produzidos durante as estações em que o clima fica mais favorável ao crescimento das plantas.
    A nutróloga e gastróloga Liliane Oppermann cita quais são os alimentos ideais para cada mês do inverno:
ALIMENTOS DE ÉPOCA DO MÊS DE JUNHO
Frutas: fruta-do-conde, jaca, laranja baía, laranja lima e mexerica. Legumes: batata doce, cará, chuchu, gengibre, inhame, mandioca e mandioquinha.                                                                                           
Verduras: agrião, brócolis, cenoura, erva-doce, milho verde, nabo, rúcula e salsa.
ALIMENTOS DE ÉPOCA DO MÊS DE JULHO:
Frutas: caju, kiwi, laranja-baía, laranja-lima, limão, mexerica, morango
Legumes: cará, ervilha, inhame, mandioca, mandioq…

A importância do Eletrocardiograma

Imagem
CONSIDERADO O “RG” DO CORAÇÃO,
PRIMEIRO ELETROCADIOGRAMA DEVE SER FEITO AINDA NA JUVENTUDE

Exame centenário diagnostica mais de 90% dos problemas cardíacos e deve ser feito em crianças e adolescentes em início de prática esportiva ou que possuem histórico de doença cardiovascular na família
        A cada ano, cerca de 140 mil pessoas morrem de doenças do coração no Brasil, segundo dados da OMS – Organização Mundial da Saúde. Cerca de 90% dessas mortes, inclusive as decorrentes de mal súbito, poderiam ser evitadas com o diagnóstico básico de um simples eletrocardiograma, seguido de tratamento e acompanhamento médicos adequados. Para crianças e adolescentes que vão iniciar prática esportiva ou que possuem histórico de doença cardiovascular na família, ele deve ser feito logo cedo, diz o Dr. Carlos Alberto Pastore, cardiologista do Incor (Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da FMSUP).

      Uma boa consulta cardiológica e um eletrocardiograma bem interpretado podem diagnosticar…

Consumo de alimentos gordurosos no inverno prejudica a digestão

Imagem
Veja como não deixar as baixas temperaturas falarem mais algo na hora de escolher o cardápio             É comum que o cardápio no inverno fique mais recheado de alimentos doces e gordurosos. Isso acontece, principalmente, por conta da baixa temperatura que leva o organismo a exigir mais energia para se aquecer, buscando essa compensação na comida. Porém, é importante ter cuidado com a quantidade e qualidade dos alimentos ingeridos nessa época para evitar o aumento de peso e problemas com a digestão.

            “O ser humano precisa de um controle interno para que o corpo fique na temperatura ideal. Como no inverno as temperaturas baixam bastante, existe uma pseudo necessidade de o próprio corpo precisar de mais calorias para a manutenção desta temperatura perfeita, o que gera a fome. Porém, cada indivíduo tem uma reserva de nutrientes e cabe a cada um resistir às tentações”, explica a nutricionista especialista em fitoterapia, Vanderlí Marchiori.

       …

Neste inverno, não deixe o frio vencer a vontade de se exercitar

Imagem
O preparador físico Marcio Atalla dá dicas de como combater a preguiça nos dias mais gelados e praticar atividades físicas             O frio sempre dá preguiça, vontade de comer mais, ficar na cama assistindo TV, entre outras situações que acabam com os planos de uma vida mais saudável e uma alimentação equilibrada. Para que o inverno não faça reféns sob as cobertas, Marcio Atalla, preparador físico e autor do livro A Dieta Ideal, traz dicas para espantar tanto o frio quanto a moleza.
        O ideal é aliar o movimento à alimentação. “Como fonte boa e rápida de energia, o ideal é comer algo açucarado pré e pós-treino, sempre com equilíbrio”, afirma Atalla. O açúcar também desencadeia a produção do neurotransmissor serotonina, responsável pela sensação de bem-estar e prazer, o que ajuda o corpo e a mente a se movimentar.

7 passos para evitar o refluxo

Imagem
Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva alerta a população sobre a doença gastroesofágica

        Caracterizado pelo retorno de líquidos gástricos, bebidas e comidas do estômago para o esôfago, o refluxo gastroesofágico causa sensações como estômago cheio, náusea, queimação e dor torácica. A Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva (SOBED) chama a atenção para maneiras de melhorar a alimentação e escapar do refluxo. Segundo o endoscopista membro da SOBED, Gustavo Andrade de Paulo, no momento da alimentação, a comida passa da boca para o estômago através do esôfago. Entre eles, existe uma espécie de “válvula” que os separa, evitando que o alimento volte para o esôfago. “Quando o esfíncter esofágico não fecha corretamente, o problema acontece, podendo levar alimentos e líquidos e sucos gástricos a voltarem para o esôfago, gerando o refluxo”.

       Pessoas de todas as idades podem ter refluxo. Por meio do exame de endoscopia, é possível detectar a esofagite, consequência do reflux…