Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2017

Novas descobertas sobre a vitamina D

Imagem
Novas descobertas sobre a vitamina D demonstram benefícios no ganho de massa muscularErroneamente chamado de vitamina, estudos recentes revelaram ser um hormônio responsável por inúmeras funções no organismo, citando como exemplo a recuperação muscular A Vitamina D é um pró-hormônio produzido pelo organismo após exposição ao sol, a partir da ação do raio ultravioleta B na pele. Erroneamente chamado de vitamina, o hormônio apresentou em recentes estudos a capacidade de auxiliar a síntese muscular e a recuperação após o exercício físico. Conforme recomendação do Consenso da Sociedade Brasileira de Endocrinologia, os valores considerados adequados são acima de 30 ng/ml, mas o mais alarmante é que se estima que 88,1% da população a nível mundial tenham deficiência de vitamina D. Levando-se em conta o país e a origem, sua suplementação se faz necessária na maioria dos indivíduos que não tenham exposição solar adequada, entre 10 a 15 minutos diários. Além da forma endógena (que se origina do …

Chocolate está liberado? Sim ou Não?

Imagem
O doce preferido dos brasileiros é rico em antioxidante e age como protetor cardiovascular Não dá pra negar que degustar um chocolate é algo extremamente prazeroso e, para alguns, atua como uma válvula de escape para aliviar o estresse e amenizar os sintomas da TPM.

O cacau possui flavonoides e polifenóis, substâncias com ação antioxidante e anti-inflamatória que neutralizam radicais livres, contribuem para minimizar a ação de envelhecimento, agem como protetores cardiovasculares, reduzem a oxidação do LDL (colesterol ruim) e melhora o fluxo sanguíneo, do quadro de hipertensos e de outras doenças crônicas não transmissíveis.

"Para aproveitar os benefícios do chocolate sem prejudicar o corpo com quantidade de açúcar e gordura presentes, o ideal é ingerir chocolates que tenham pelo menos 70% cacau e apenas dois quadradinhos, ou seja por volta de 15 gramas por dia, não esquecendo a alimentação saudável", alerta Daniela Lasman, nutricionista da Bodytech Iguatemi São Paulo.

O ideal é…

Adoçante: mocinho ou vilão?

Imagem
Especialista alerta sobre os perigos do consumo de um item cada vez mais presente na vida dos brasileiros 
 Vivemos um período em que a busca pela perda de peso é constante, e uma das estratégias mais usadas é a troca do açúcar refinado pelo adoçante. Mas será que ele realmente faz bem a nossa saúde? Segundo a nutricionista Aline Quissak, especializada nas áreas de Oncologia, Síndrome Metabólica, Psicologia da Nutrição e Nutrição Esportiva, precisamos analisar alguns pontos importantes antes de tomarmos decisões. 
O primeiro deles é o porquê açúcar refinado faz mal à saúde. Segundo a especialista, por três motivos:  1) É uma caloria vazia, ou seja, o corpo não utiliza ele como energia para as atividades diárias, por isso, ele é facilmente transformado em gordura pelo corpo, principalmente abdominal.  2) Ele contém compostos químicos artificiais, que foram utilizados no processo de refinamento para deixa-lo branquinho, retirando assim todos os nutrientes, vitaminas e minerais originários d…

Alimentos aliados da redução de peso

Imagem
Nutricionista  mostra como a combinação de alimentos que aceleram o metabolismo e aumentam a saciedade podem ajudar a emagrecer A obesidade representa uma das principais preocupações de saúde pública nos dias atuais. Ela é definida como o acúmulo excessivo de gordura, que representa um risco para a saúde. Segundo a Nutricionista Natasha Terra, existem dois caminhos para tratar o excesso de peso: reduzir a quantidade de calorias ingeridas e aumentar o gasto energético.   Além disso, a especialista destaca que determinados alimentos podem ser importantes aliados no processo de emagrecimento e na manutenção de um peso desejável. “Esses alimentos atuam na aceleração do metabolismo, que é a queima de gordura, no aumento do período de saciedade entre as refeições e no controle do apetite”, explica Natasha.  De maneira geral, todos os alimentos demandam energia do corpo para completar as etapas de digestão. Porém, há alimentos que induzem o metabolismo a trabalhar com um ritmo ainda mais aceler…

A DIETA DO CARBOIDRATO FUNCIONA MELHOR À NOITE?

Imagem
Muitas pessoas acreditam que cortar o carboidrato da alimentação, principalmente a partir das 18 horas, faz com que elas emagreçam mais rápido. Esse tipo de dieta não passa de um mito. A nutricionista Elaine de Pádua explica que a retirada de carboidrato a noite não possui um embasamento cientifico necessário para ser considerado verdadeiro. 
“Quando se retira o carboidrato, os estoques de glicogênio se esvaziam. A glicose ‘puxa’ água, sem ela o corpo perde líquidos e a pessoa acha que perdeu peso, mas na verdade ela liberou somente água”, diz a especialista. 
Elaine conta também que um *estudo feito com policiais obesos em Israel analisou o efeito do horário de consumo de carboidratos em uma dieta para emagrecimento. Um grupo consumiu grande parte dos carboidratos da dieta à noite e o outro tinha uma dieta equilibrada de dia, a diferença de emagrecimento entre os dois grupos foi quase mínima, o que comprova que o horário da ingestão de carboidratos não influencia na rapidez da dieta.  

5 verdades esclarecedoras sobre o Jejum Intermitente

Imagem
Especialista em emagrecimento, Rodrigo Polesso, esclarece algumas dúvidas sobre o assunto do momento  
Com certeza um dos assuntos mais comentados desse ano, em se tratando de alimentação e emagrecimento, foi o Jejum Intermitente. Mas, ao contrário do que muitos pensam essa prática não é nenhuma novidade. Segundo o especialista em Nutrição Otimizada e emagrecimento, Rodrigo Polesso,  que há 7 anos se dedica a pesquisas sobre perda de peso, Jejum Intermitente sempre foi algo que os seres humanos fizeram naturalmente até poucas décadas atrás, só não tinha esse nome específico. “Há não muito tempo atrás o comum era ter duas ou três refeições por dia e só. Hoje em dia nos é dito que precisamos comer a cada 3h ou até mais frequentemente, porém não existe embasamento científico para esse hábito”, conta o especialista.
Rodrigo explica que ao fazer o Jejum Intermitente as pessoas permitem que o corpo tenha tempo de digerir os alimentos de forma correta. “Com isso, seu corpo começa a queimar o a…

Dicas para se alimentar bem e melhorar o desempenho na atividade física

Imagem
Praticar atividades físicas e alimentar-se de forma equilibrada é a indicação mais adequada para quem deseja obter melhores resultados nos exercícios. A orientação é da nutricionista Natasha Terra, que mostra quais alimentos são apropriados para antes e depois de se exercitar, além de destacar suas propriedades. Confira: Macronutrientes não podem ficar de fora: Os macronutrientes estão presentes em alimentos à base de carboidratos, proteínas e lipídeos, que melhoram a performance esportiva, favorecem o ganho de massa magra e a recuperação muscular. Proteínas em todas as refeições: A proteína é o macronutriente mais importante e, por isso, deve ser incluída em todas as refeições, inclusive nos lanches intermediários, uma vez que participa da síntese proteica e da recuperação muscular, além de aumentar a saciedade e também atuar até nos cabelos e unhas. Combine proteínas e carboidratos: A associação entre os dois tipos de alimentos traz benefícios para o organismo tanto antes quanto depois…

Etiqueta na academia

Imagem