Atletas de verão devem ficar atentos a saúde


Sobrecarga de exercícios e o não acompanhamento médico podem gerar risco de problemas cardiovasculares e lesões esportivas

 Com a chegada do verão, muitos aproveitam as altas temperaturas para sair da rotina e realizar atividades ao ar livre. E é nessa época do ano que aumenta a busca pelo corpo ideal ou querer deixa-lo em forma em pouco tempo. Chamados de ‘atletas de verão’, esses praticantes devem ter cuidados redobrados com o esforço em curto tempo, principalmente, porque essa ‘empolgação inicial’ pode acarretar em problemas de saúde.
De acordo com o cirurgião cardíaco e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular, Dr. Elcio Pires Júnior, o problema para quem tem uma vida sedentária e decide praticar esportes é a o excesso dos treinos, que pode sobrecarregar o coração, causando desde tonturas, cansaço, falta de ar, dor no peito e até a morte. “Os exercícios físicos devem ser realizados gradualmente, sem causar excessos ao corpo. Durante a prática esportiva, a frequência cardíaca fornece mais sangue oxigenado para os músculos. Assim, quanto mais ultrapassar a sua capacidade durante o exercício, mais sobrecarga mandará para o coração”, destaca Élcio.
Segundo o especialista em ortopedia, traumatologia, cirurgia da coluna vertebral e professor da Faculdade de Medicina Santa Marcelina, Dr. Luiz Cláudio Lacerda, outro problema para quem pratica atividades físicas de maneira esporádica são as lesões decorrentes de exageros, limites excedidos e por falta de orientação ou cuidado. “Contusão, luxação, torção, distensão muscular e fraturas estão entre as enfermidades mais frequentes sofridas pelos atletas de verão. Além disso, um exercício quando realizado inadequadamente pode desencadear dor crônica, edema (inchaço), limitação de algumas funções das articulações e, muitas vezes, lesões irreversíveis  que podem precisar interromper completamente os treinos por um longo período até o corpo se adequar”, finaliza o ortopedista.
Para curtir o verão de uma forma mais saudável, confira as dicas dos especialistas:
 - Sempre procure uma avaliação médica antes de começar a se exercitar;
- Investigue se há casos de doenças do coração na família,
- Comece a fazer exercícios físicos gradualmente, como caminhadas que são mais leves,
- Após os exercícios físicos, para recuperar as energias, tome vitaminas de frutas, água de coco e sucos naturais que auxiliam na hidratação;
- Consuma alimentos saudáveis e evite gorduras e sal em excesso;
– Faça alongamentos antes e principalmente depois da prática dos exercícios.
- Converse com seu treinador da academia sobre qual à técnica certa de movimentos a serem realizados durante as séries.
- Não faça uso abusivo de medicamentos anti-inflamatórios para amenizar a dor muscular, pois eles podem esconder a presença de uma lesão e sobrecarregar os rins.

Sobre os especialistas: 
Luiz Cláudio Lacerda é Mestre em medicina pela Unifesp e especialista em ortopedia, traumatologia e cirurgia da coluna vertebral pelo Hospital Santa Marcelina. Com aprimoramento cirurgia oncológica da coluna vertebral pelo Instituto Ortopédico Rizzoli. Membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT), professor da faculdade de medicina do Hospital Santa Marcelina e responsável pelo atendimento na Clínica L&L Ortopedia.
Dr. Elcio Pires Júnior é coordenador da Cardiologia e Cirurgia Cardiovascular e coordenador das Unidades de Terapia Intensiva do Hospital e Maternidade Sino Brasileiro. É membro especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular e membro internacional da The Society of Thoracic Surgeons dos EUA. Especialização em Cirurgia Cardiovascular pela Real e Benemérita Associação Portuguesa de Beneficência de São Paulo e Pós Graduação em Cirurgia Endovascular e Angiorradiologia pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Novas descobertas sobre a vitamina D

Atividade física e alimentação saudável juntas no combate ao câncer

30 Arnold Classic - Columbus Ohio Pro