Para que Servem os Suplementos Alimentares?



Produtos tem o objetivo de adicionar nutrientes à dieta de pessoas saudáveis,
atletas e praticantes de atividade física.
Mercado conta com mais de 8 mil pontos de vendas em todo o território nacional,
dentre lojas físicas e as principais revendas online do país.

Sabendo que uma alimentação saudável é importante para a manutenção da saúde e redução do risco de determinadas doenças, especialistas apontam uma demanda crescente da população em busca de orientações para ter uma vida equilibrada. Segundo dados da pesquisa Global da Nielsen sobre Saúde e Bem-Estar, ao redor do mundo, aproximadamente 75% das pessoas acreditam que "são o que comem" — um sinal de que os consumidores de hoje estão explorando as últimas tendências de saúde.

Por trás de todo este movimento encontra-se o expressivo aumento do consumo de suplementos alimentares, que são produtos destinados a contribuir com nutrientes necessários para a dieta, tanto de pessoas saudáveis como de atletas e praticantes de atividade física. Os suplementos tem a finalidade de satisfazer alguma necessidade fisiológica, melhorar o desempenho e o desenvolvimento físico ou reverter um estado conhecido de deficiência nutricional. As dosagens devem ser calculadas a partir da IDR, assim como a formulação dos suplementos para estados fisiológicos especiais (gestantes e lactantes) também deve se basear na IDR.

Para o nutricionista esportivo Humberto Nicastro, é indiscutível a importância, do ponto de vista nutricional, de uma alimentação adequada em qualquer idade para assegurar o desenvolvimento fisiológico do indivíduo. “A recomendação e prescrição dos suplementos, devem ser avaliadas dentro do contexto das individualidades bioquímicas de cada paciente. Por exemplo, a ingestão adequada de proteínas e aminoácidos em associação ao exercício é considerada fundamental para os processos de manutenção e ganho da massa muscular e para geração de força. Neste contexto, diversas fontes proteicas são estudadas e comercializadas com o objetivo de potencializar as respostas induzidas pelo treinamento. Um dos fatores determinantes está na fonte proteica a ser consumida. Proteínas de origem animal (soro do leite) parecem apresentar melhor resposta em termos de hipertrofia e força muscular quando comparadas aos outros tipos de proteína. Tal diferença em termos de magnitude é atribuída em função do teor de leucina que essas fontes proteicas apresentam. Porém, esse fator pode ser corrigido por meio do cálculo da dose a ser consumida para que esta forneça o teor satisfatório de leucina e dos demais aminoácidos essenciais.”, declara o profissional.

É importante lembrar que os suplementos não substituem a dieta normal, eles participam como coadjuvantes para suprir as necessidades nutricionais de atletas e esportistas que na maioria das vezes, não conseguem suprir seus requerimentos diários de nutrientes. Portanto, não podem substituir refeições nem servir como dieta exclusiva. Tais preparações podem ser consumidas para prevenir doenças, suprir a falta de apetite, restrições na dieta ou alimentação inadequada decorrente de estresse, correria ou maus hábitos”, completa o nutricionista esportivo.

Segundo o presidente da Brasnutri, Synésio Batista da Costa, as pessoas nunca estiveram tão preocupadas com a saúde e o bem-estar. Dentre os novos consumidores incluem-se pessoas das mais diversas faixas etárias, particularmente adultos e idosos, que tiveram que adquirir um novo comportamento, com o objetivo de viver mais e melhor. “Todo bem ou serviço que possa contribuir para uma melhor qualidade de vida dessas pessoas têm um mercado potencial bastante elevado. A presença dos suplementos alimentares na vida dos brasileiros cresceu nos últimos anos. Hoje já temos mais de 8 mil pontos de vendas em todo o território nacional, dentre lojas físicas e as principais revendas online do país, e só no ano passado o varejo gerou um volume de negócios em torno de R$2,6 bilhões”, afirma.

Os suplementos podem ser encontrados nas formas sólidas, semi-sólidas e líquidas como: tabletes, comprimidos, drágeas, pós, cápsulas, granulados, pastilhas, soluções e suspenções. Os suplementos alimentares mais consumidos por quem pratica exercícios físicos são os a base de proteína, que auxiliam na reparação e crescimento dos músculos. Divididos em macro e micronutrientes, também são encontrados os suplementos de aminoácidos (que formarão as proteínas), creatina, carboidratos e emagrecedores, cada um indicado a um determinado exercício físico ou necessidade:

Suplementos de proteínas O mais conhecido é o Whey Protein, que contém normalmente os 20 aminoácidos necessários ao organismo para a construção muscular. É voltado, principal­mente, para ganho de massa muscular (reparo e crescimento dos músculos pós-exercícios físicos). Acima de 2g por kg de peso por dia ou em pessoas sem deficiência proteica, pode se transformar em gordura, visto que o organismo não elimina o excesso.

Suplementos de aminoácidosOs aminoácidos são as unidades básicas formadoras das proteínas e os suplementos são voltados especialmente para os tecidos musculares. Também auxiliam na construção muscular e no fornecimento de energia para as células musculares. Não precisam de metabolização hepática, o que facilita a oxidação diretamente no músculo. Suplementar com aminoácido evita que a reserva energética muscular de aminoácidos seja usada.

BCAAOs chamados aminoácidos essenciais de cadeia ramificada (BCAA) são muito utilizados em academias com a proposta principal de reduzir a fadiga central ou a percepção da mesma.

Albumina e GlutaminaEncontrada na clara do ovo, a albumina fornece todos os ami­noácidos que o organismo neces­sita para a formação mus­cular. A glutamina parti­cipa na redução da fadiga e na me­lhora da imunidade, reduzida pela intensidade de exercícios físicos.

CreatinaVoltada a exercícios de explosão e curta duração, a creatina também é uma síntese de aminoácidos. Re­tarda o início da sensação de fadiga e aumenta a massa mus­cular, pois leva água para dentro do músculo.

Suplementos de carboidratosOs mais conhecidos são a dextrose e a maltodextrina Este suplemento é orientado para pessoas que praticam atividades físicas aeróbicas de alta intensidade e longa duração e também para quem faz musculação. Quando consumida antes do treino a maltodextrina irá garantir que o corpo tenha as quantidades corretas de glicose para a prática segura de exercícios, poupando as proteínas teciduais e evitando a hipoglicemia. Ao ser ingerida após os treinos a maltodextrina ajuda a repor o glicogênio muscular, assim ela evita que as proteínas sejam utilizadas como fontes energéticas, favorece a absorção desta substância pelos músculos e contribui para a melhor recuperação muscular. Para os praticantes de atividades físicas o consumo da maltodextrina pode ser mais interessante do que o de outras fontes de carboidratos, como o arroz ou o macarrão, porque sua absorção é mais rápida e seu consumo mais prático, pois é comercializada em pó ou em gel.
Termogênicos - Substâncias que ajudam a acelerar o metabolismo e a aumentar a temperatura corporal, auxiliando na queima de gorduras e perda de peso.

L-CarnitinaDentro das substâncias conhe­cidas como fat burners, queima­doras de gordura, está a L-Carni­tina, que promove a queima de gorduras dentro da célula.  Uma das principais funções da L-Carnitina no organismo é participar do metabolismo das gorduras, transportando os ácidos graxos para as mitocôndrias, as estruturas celulares responsáveis pela produção de energia. Basicamente, a L-Carnitina garante que a gordura (além dos carboidratos) seja utilizada para gerar energia para o organismo.

Sobre a Brasnutri – A Associação Brasileira dos Fabricantes de Suplementos Nutricionais e Alimentos para Fins Especiais, fundada em 9 de maio de 2012, por fabricantes de suplementos nutricionais, objetiva o desenvolvimento de ações em favor da ampliação do mercado, a formalização das relações comerciais, o respeito a um ambiente sadio e competitivo entre os produtos e empresas. 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dicas para uma ceia de Natal mais saudável

Qual a melhor forma de substituir o açúcar na dieta