Guia para iniciante na corrida


Saiba os cuidados necessários antes de começar a correr
Fazer um check-up completo com o médico e realizar alongamentos são cautelas importantes

O número de corredores de rua no Brasil aumenta exponencialmente ano após ano. Segundo pesquisa da consultoria Relevance, realizada em janeiro de 2014, estima-se que cerca de seis milhões de pessoas pratiquem algum tipo de corrida. Não à toa, o número de praticantes do esporte cresce tanto, afinal, basta ter um par de tênis e um pouco de vontade para começar.

No entanto, além de um calçado de qualidade e de disposição, algumas medidas são necessárias para que atividade possa ser realmente salutar. Segundo a gerente medica da unidade MIP do Aché Laboratórios Farmacêutico, Dra. Talita Poli Biason, ao iniciar qualquer tipo de modalidade esportiva é fundamental realizar uma avaliação médica e física e conferir como anda o funcionamento do organismo. “Também é importante à orientação de um educador físico, assim, será possível garantir que os treinos sejam executados em um ritmo seguro e saudável”, explica.

Abaixo, confira dez dicas para quem pretende iniciar no mundo da corrida sem imprevistos:

 1. Avaliação médica: Faça um check-up completo. O procedimento pode evitar problemas de saúde e torna a prática do esporte segura;

 2. Motivação: Escolha um local atrativo para treinar. Procure se unir a outros amigos corredores. Selecione uma boa trilha sonora e trace um pequeno objetivo a ser alcançado;

3. Refeição: Alimente-se duas horas antes da atividade, assim dá tempo de fazer o processo de digestão;

4.  Hidratação: Beba bastante água antes, durante e depois da corrida. Estar devidamente hidratado é fundamental em qualquer atividade física;

5. Vestuário: Use um tênis específico para corrida e, de preferência, que já tenha sido utilizado anteriormente. Calçados novos podem prejudicar a pisada e causar lesões. Vista roupas leves e confortáveis e que não limitem os seus movimentos;

6. Alongue-se: Também faça aquecimento e alongamento trinta minutos antes do treino;

7. Dores: Faça compressas de gelo nos locais doloridos. O diclofenaco dietilamônio também é indicado, pois o princípio ativo age na inflamação combatendo a dor;

8. Ritmo: Respeite as condições de seu corpo. É importante não forçar demais na velocidade e na distância e evitar lesões;

9.  Frequência: Para criar resistência, comece com caminhadas, depois, passe aos trotes (corridas leves, mas com passadas mais curtas) até, finalmente, iniciar corridas de curtas distâncias. Os percursos devem ser aumentados gradativamente;

10. Postura: Procure manter o tronco ereto, olhando sempre para o horizonte. Mantenha os cotovelos flexionados em 90° e os ombros soltos. Prefira passos curtos ao invés de longos e não toque o calcanhar no chão. A postura correta aumenta a desempenho e evita lesões.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dicas para uma ceia de Natal mais saudável

Qual a melhor forma de substituir o açúcar na dieta