Instagram

Seguir por Email

terça-feira, 15 de março de 2016

Organismo precisa de vitaminas e minerais


Com base nos dados da Pesquisa de Orçamentos Familiares publicados em 2011, a análise de Consumo Alimentar no Brasil revela que o brasileiro ingere pouca quantidade de nutrientes importantes para o funcionamento do organismo, como cálcio, ferro e vitaminas essenciais.

Mesmo os 10% da população que mais consome leite tem ingestão abaixo do ideal. Na parcela mais jovem, entre 10 e 13 anos de idade, em torno de 95% tem ingestão menor do que os 1.100 mg diárias recomendadas e, entre as mulheres com mais de 60 anos – parcela da população mais afetada pela osteoporose –, 95,8% têm ingestão insuficiente de cálcio.

Essa situação é agravada pelo fato de o consumo de magnésio e de vitamina D ser inadequado para 80,9% e 99,4% das mulheres dessa idade, respectivamente. A vitamina D aumenta a absorção de cálcio e fósforo e o magnésio é responsável por fixar esses nutrientes nos ossos, impedindo que migre para tecidos moles.

“Para ter uma saúde equilibrada precisamos de todos os nutrientes de forma balanceada, porque cada um tem uma função diferente no nosso organismo”, argumenta a farmacêutica-bioquímica Yasumi Ozawa Kimura, consultora técnica da Yakult do Brasil. 

Entre as funções dos nutrientes estão fornecer energia (maioria dos carboidratos), melhorar e manter tecidos, como a pele e os músculos (proteínas).

Um dos nutrientes com funções muito especiais para o organismo são as vitaminas, compostos orgânicos considerados essenciais porque não são produzidos pelo organismo. As vitaminas do complexo B interagem entre si e precisam ser consumidas juntas. Da mesma forma, a C e a E trabalham em conjunto para exercer seu efeito antioxidante, e quantidades ideais de vitaminas e minerais ajudam a combater o envelhecimento precoce. “Mas temos de ter muito cuidado com as vitaminas, porque tanto o excesso como a falta podem causar sérias doenças”, orienta a especialista.

O organismo precisa de 13 vitaminas essenciais, que devem ser consumidas através dos alimentos ou de suplementos, e cada pessoa tem uma necessidade diferente, de acordo com idade, sexo, condição de saúde, estrutura física e atividade profissional. “Como não há nenhum alimento que contenha todas as vitaminas na quantidade adequada, é essencial ter uma alimentação variada”, orienta a consultora da Yakult.

Os complementos nutricionais podem ser bons aliados para garantir a ingestão adequada de nutrientes, pois são elaborados com a finalidade de complementar a dieta de indivíduos saudáveis. Já os suplementos nutricionais são utilizados para corrigir a manifestação de deficiências e assegurar que a ingestão de macro e micronutrientes atinja os niveis recomendados.

O mercado oferece diversos complementos e suplementos destinados a dietas com restrição de nutrientes (carboidratos, proteínas, gorduras, sódio), para ingestão controlada de nutrientes (controle de peso, praticantes de atividade fisica, nutrição enteral) e para grupos populacionais específicos (lactentes e crianças de primeira infância, gestantes e nutrizes, idosos).


Nenhum comentário:

Postar um comentário