Instagram

Seguir por Email

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

FATORES QUE MELHORAM OS NÍVEIS DE VITAMINA D NO ORGANISMO


Saiba como maximizar a obtenção da vitamina no dia-a-dia, garantindo a saúde e o bem estar

De acordo com o estudo BRAZOS, 99% dos brasileiros apresentam ingestão de vitamina D abaixo da recomendada. Além disso, estima-se que mais de 1 bilhão de pessoas no mundo tenham deficiência dessa vitamina. Diante deste cenário, como manter o nível adequado de vitamina D?

É importante deixar claro que diferentes fatores, como idade, estilo de vida, pigmentação da pele e sazonalidade influenciam a produção de vitamina D no organismo. “Essa vitamina é importante para a saúde óssea. Isso porque, ela é fundamental para a absorção do cálcio presente na dieta. O cálcio é um mineral necessário para a formação e a manutenção de ossos mais resistentes”, descreve a gerente médica da unidade MIP (Medicamento Isento de Prescrição) do Aché Laboratórios Farmacêuticos, Dra. Talita Poli Biason.

Para manter o nível adequado de vitamina D, é preciso seguir algumas recomendações no cotidiano. Confira abaixo as orientações da Dra. Talita:

1. Luz solar: é uma das principais formas de obtenção de vitamina D pelo organismo. Visando a síntese de vitamina D, é indicada a exposição diária ao sol pelo período de 10 a 15 minutos. No entanto, para minimizar o risco que o sol pode trazer a saúde como, por exemplo, câncer de pele e manchas, o melhor horário para essa exposição é antes das 10h ou depois das 16h.

2. Peixes ricos em gordura: são boas fontes da vitamina. As opções mais comuns: salmão, truta, cavala, atum e enguia. Cada 100 g de salmão fornece de 100 a 250 UI (unidades internacionais) de vitamina D.

3. Cogumelos: também são fontes de vitamina D. Os frescos, em uma quantidade de 100 gramas, contém100 UI da vitamina.

4. Suplementos: o estilo de vida dos indivíduos, imersos em lugares cada vez mais fechados, como escritórios ou até mesmo dentro do carro, impedem a exposição adequada ao sol. Por isso, os suplementos surgem como aliados para o alcance das quantidades necessárias da vitamina D, de forma prática.

“Os suplementos de vitamina D podem ser aliados úteis em pessoas de risco para o baixo nível dessa vitamina. É necessário consultar um médico para verificar se você se enquadra nesse grupo de pessoas e qual a dose ideal para seu caso”, conclui a gerente médica da unidade MIP do Aché Laboratórios.



Nenhum comentário:

Postar um comentário