Idade é fator de risco para câncer de mama

          
           80% dos casos de câncer de mama ocorrem em mulheres acima dos 50 anos

O câncer de mama é o primeiro em mortalidade no Brasil e o segundo em incidência, perdendo apenas para o câncer de pele não melanoma. De acordo com dados da Sociedade Brasileira de Mastologia, cerca de uma a cada 12 mulheres terão um tumor nas mamas até os 90 anos de idade.

Além do risco de câncer aumentar com a idade, outros fatores podem influenciar na probabilidade de desenvolver a doença como, antecedentes pessoais, histórico familiar, tabagismo, sedentarismo e obesidade. "Os principais cânceres ginecológicos que atingem as mulheres após a menopausa são o câncer de mama e de ovário. É importante lembrar que o câncer do corpo uterino ocorre com maior frequência durante a perimenopausa", destaca a ginecologista e mastologista da Clínica Chade, Milca Cezar Chade.

A especialista explica que a menopausa não causa esses tumores e sim o tempo de vida e exposição aos fatores. No entanto, a médica ressalta que "a utilização de estrogênio e progesterona na menopausa podem aumentar o risco de câncer de mama e o uso de estrogênio isolado, o câncer de endométrio", e completa: "Existem alternativas medicamentosas para as pacientes que vivem essa fase e têm contraindicação ao uso de reposição hormonal".

Apesar das frequentes ações e campanhas de conscientização, a incidência do câncer de mama ainda é muito alta. O diagnóstico precoce é fundamental. Sabe-se que 95% dos casos que são detectados logo no início têm possibilidade de cura. Todas as mulheres, independente da idade, devem fazer consultas ginecológicas e exames regularmente, realizar o autoexame e após os 40 anos a mamografia tem que ser feita anualmente.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

5 dicas de alimentação para 2017

Por que minhas dietas não funcionam?