10 questões sobre a pele masculina


 A pele do rosto é o cartão de visitas de qualquer pessoa, por isso merece uma atenção especial para mantê-la saudável e viçosa. Os cuidados diários com a face devem fazer parte da rotina masculina, assim como o barbear.

Para saber quais as caraterísticas da pele masculina e os cuidados que os homens devem ter, a dermatologista Dra. Erica Monteiro (CRM-SP 87350), membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD) e da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) elencou 10 questões sobre o assunto. Não deixe de conferir. 

1- Quais são as características da pele masculina?
O aspecto geral da pele masculina é diferente do da mulher, a textura da pele dos homens é mais áspera e a camada que fica em contato com o meio ambiente (camada córnea que é a mais externa da pele) é mais espessa. A pele masculina é mais espessa que a feminina por causa, principalmente, da presença dos pelos terminais (pelo grosso e pigmentado) que recobrem a maior parte do corpo. Esta diferença é mais pronunciada no rosto, onde as mulheres possuem pelos velos (finos e claros). Como a barba na face dos homens é uma proteção contra radiação ultravioleta, homens com envelhecimento causado pelo sol, em geral não apresentam tantas rugas faciais quanto as mulheres fotoenvelhecidas. A barba também esconde irregularidades da pele, como cicatrizes, manchas e vasos. A pele masculina tem aspecto mais grosseiro, o que é aceitável e relacionado à maturidade, enquanto que a feminina deve ser delicada e homogênea. Portanto, as mulheres se preocupam muito mais em reparar alterações da pele que os homens, uma vez que estes não veem alterações na sua pele tão facilmente e nem tão cedo.

2- Homens tem mens rugas que as mulheres? Por que?
Quanto a influência do sexo na concentração de colágeno e espessura da pele, existe uma relação direta entre espessura da pele e concentração de colágeno. A pele do homem é aproximadamente 25% mais espessa que a da mulher. A densidade de colágeno na pele dos homens é maior que nas mulheres em todas as faixas etárias.  Com a mesma idade e tendo sofrido as mesmas influências extrínsecas de envelhecimento (exposição solar, tabagismo, ingestão alcoólica e hábitos alimentares), os homens apresentam rugas mais pronunciadas que as mulheres. Neles, as rugas ocorrem mais tarde que na mulher, mas quando aparecem são mais profundas e marcadas.

3- Por que a pele masculina apresenta maior oleosidade?
Os homens têm na face glândulas sebáceas em maior número, volume e grande sensibilidade à testosterona do que as mulheres. Dessa forma, a produção de sebo nos homens é, em média, duas vezes maior que nas mulheres. A maior produção de sebo resulta em uma pele mais oleosa com presença de poros dilatados, comedões e acne de maior duração nos homens. Há diferenças entre a secreção sudorípara (responsáveis pela produção do suor em homens e mulheres). Os homens têm menor número de glândulas apócrinas que as mulheres, porém a taxa de sudorese nos homens é mais do que o dobro das mulheres. O pH cutâneo da pele masculina é mais ácido sendo 0,5 mais baixo que nas mulheres. Por isso, os cuidados com a pele do homem e da mulher devem ser diferentes.

4- Quais são os produtos mais indicados para os homens?
Produtos para lavar o rosto e remover a oleosidade e a sujeira. Geralmente sabonetes com ácido salicílico e enxofre ajudam no controle da oleosidade.

5- E quais produtos devem ser evitados?
Produtos em creme, loção cremosa, hidratantes oclusivos. Preferir produtos em gel para a pele masculina.

6- Como comprar o produto certo?
Geralmente o paciente masculino prefere produtos em gel, sabonetes de limpeza podem ser em barra ou gel, filtros solares em gel, loção pós barba em gel ou loção “oil free”.

7- Fazer a barba todos os dias pode causar agressões à pele? Quais?
Sim, pode causar fissuras e pequenos ferimentos.

8- Assim como nas mulheres, para cada tipo de pele há recomendações quanto às formas de tratamento? Quais seriam elas?
Os homens têm a pele do rosto mais oleosa por natureza. Entretanto, a pele dessa região é composta por áreas mais ou menos oleosas de acordo com sua localização. A região central da face, conhecida com zona T, é sempre mais oleosa por possuir mais glândulas sebáceas. Já a pele do restante do rosto tende a ser mais ressecada. Por esta razão, a pele do rosto na maioria das vezes será mista, com áreas mais oleosas e áreas mais ressecadas. Em geral, a pele seca descama mais e repuxa um pouco. Ocorre mais em pacientes acima de 45 – 50 anos. A pele normal tem boa hidratação e brilho natural. Já a pele oleosa, em geral tem mais brilho e pode exibir cravos e espinhas. Como cuidar de cada tipo:
· Para pele normal: Um sabonete em barra ou gel e filtro solar diário, são suficientes para mantê-la bem.
· Pele seca: use pouco sabonete, de preferência específico para peles ressecadas, e evite loções adstringentes; use hidratante facial diário, porém cuidado para não usar em excesso, pois pode causar acne (chamada acne cosmética).
· Pele oleosa: necessita da avaliação do dermatologista, em geral são usados loção adstringente e sabonete de controle de oleosidade, cremes secativos e ácidos que ajudam a controlar a oleosidade. Sempre sob prescrição médica.

9- Quais são os tratamentos mais procurados por eles?
O tratamento mais procurado pelos homens é para melhorar a qualidade da pele e atenuar as rugas. Nestes casos, costuma-se indicar a aplicação de toxina botulínica e de substâncias de preenchimento. Olheiras e problemas com a barba e os cabelos são queixas frequentes e, muitas vezes, os pacientes não sabem que é possível realizar tratamentos bons e eficazes para estes problemas. Para as olheiras, dependendo do caso, o preenchimento suaviza rugas finas e/ou marcas de expressão com apenas uma aplicação. Em situações de barbas difíceis e pelos encravados pode-se fazer uso de laser.

10- Dicas de cuidados simples com a pele do homem aos 20, aos 30, aos 40 e aos 50.
20 anos: fotoproteção e higiene.
30 anos: fotoproteção, higiene e hidratação para os que sentirem que a pele fica mais seca.
40 e 50 anos: tudo que foi dito anteriormente e avaliação da pele uma vez por ano para buscar lesões cancerosas. Início dos tratamentos estéticos como toxina botulínica e preenchimentos.
No geral, os cuidados básicos devem incluir proteção contra o sol com o uso de filtros solares, bonés, chapéus, vestimenta adequada. Limpeza com sabonetes adequados e que controlem a oleosidade.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gosta de abacaxi? Saiba quais são os benefícios da fruta para o organismo

A vida pede atitude. Movimente-se