Teste das sopas instantâneas





    A PROTESTE Associação de Consumidores testou seis marcas de sopas instantâneas individuais e constatou que não dá para abusar desse produto, tampouco fazer dele almoço ou jantar. O valor energético das sopas instantâneas é muito baixo.

 Para 200 ml, ele varia de 28 (Missoshiru) a 75 quilocalorias (Maggi). Como fornecem pouca energia ao organismo, o aconselhável é que elas sejam consumidas como lanche, e nunca como refeição principal.

  Já o teor de sódio encontrada na maioria delas ultrapassa, e muito, o ideal. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), uma pessoa deve consumir menos de 2 gramas desse mineral por dia. Um único pacotinho, porém, tem, em média, um terço do recomendado.

      Uma se sobressaiu por apresentar baixo teor de sódio. A quantidade encontrada na Korin representa apenas 3% do aconselhado, para um dia, pela OMS.
Algumas das sopas testadas têm mais de 30 ingredientes em sua composição. Foram avaliadas sopas de frango com batata e tomate, de peito de frango com queijo, entre outras. A lista de ingredientes que compõem cada uma delas, entretanto, vai muito além desses alimentos. Para compor a de batata com peito de frango da Qualimax, foram utilizados 32 itens.

    Já a sopa de frango desfiado com batata e alho poró da Maggi apresenta 31 componentes em sua fórmula. Muitos desses ingredientes são aditivos alimentares. Não nutritivos, eles são usados para aumentar o tempo de armazenamento e melhorar tanto o sabor quanto a aparência, entre outras funções.

       O glutamato monossódico faz parte desse grupo. Usado para realçar o sabor, ele pode ser encontrado em diversos produtos ultraprocessados. Entre eles estão salsicha, salgadinho de pacote e macarrão instantâneo. Apesar de, atualmente, ser considerado seguro, seu uso ainda causa discussão. Há, inclusive, estudos que sugerem possíveis efeitos nocivos do componente ao organismo, como dor de cabeça e enjoo após sua ingestão, além de indução ao ganho de peso.

     A legislação brasileira permite que empresas adicionem glutamato monossódico aos seus produtos, mas não impõe limites relacionados à sua utilização. Já na Europa, o máximo admitido é 10 gramas por quilo de alimento. Por entender que deveria ser estipulado limite para o uso desse aditivo, foi levado em conta o parâmetro europeu.
     A Korin foi avaliada como muito boa por não conter glutamato monossódico em sua fórmula. Por estarem em conformidade com a legislação seguida na Europa, as marcas Qualitá e Qualimax tiveram bom resultado. Já as outras foram tidas como fracas nesse critério por ultrapassarem o limite estabelecido na Europa.

Na análise sensorial, os consumidores apontaram as sopas Korin e Missoshiru como aceitáveis. Qualimax, Maggi e Vono ficaram entre as mais apreciadas, sendo logo seguidas pela Qualitá.
     O que chama a atenção é que a maioria das sopas mais bem conceituadas nesse quesito possui alto teor de sódio. Isso é sinal da predileção das pessoas por alimentos ricos nesse mineral, presente no sal de cozinha e, geralmente, em grande quantidade em muitos dos produtos ultraprocessados.

      Foram verificados os rótulos, o número de ingredientes utilizados na composição dos produtos, o valor energético e a quantidade de sódio presente em cada um deles.
Na análise de higiene, foram procuradas matérias estranhas, macroscópicas ou microscópicas, como fragmentos de insetos e pelos de roedor. Também foi averiguado se havia bactérias nocivas à saúde dentro dos pacotes.

      Na análise sensorial, foi pedido que consumidores avaliassem o sabor das sopas, sem saberem de qual produto se tratava. Elas foram preparadas de acordo com as instruções contidas no rótulo.

     As sopas testadas foram: Korin Soupi frango com batata; Qualimax Express batata com peito de frango; Maggi Meu Instante frango desfiado com batata e alho poró; Vono peito de frango com queijo; Qualitá frango com batata e tomate e Missoshiru frango.


Veja mais testes feitos pelo Proteste:
Iogurte Grego
Protetor Solar
Pão Integral
Frango

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gosta de abacaxi? Saiba quais são os benefícios da fruta para o organismo

A vida pede atitude. Movimente-se