Alho negro- antioxidante poderoso


Famoso em países como Estados Unidos e Japão, o alho negro começa a conquistar consumidores e admiradores também no Brasil por causa de seu sabor e suas características antioxidantes e de combate a doenças como o câncer, por exemplo. Veja abaixo texto sobre as propriedades do alimento.



Alimento também é eficaz contra doenças como hipertensão e colesterol
Muito conhecido no Japão e nos EUA por ajudar a prevenir o câncer e por causa de suas propriedades antioxidantes, o alho negro tem conquistado consumidores fiéis também no Brasil. Segundo o estudo ‘Designer Foods Project’ realizado pelo Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos (NCI), o alho é o alimento mais eficaz na prevenção à doença. Além de ser um ótimo anticancerígeno, também apresenta características antibacteriana, antiviral e antialérgica.
As propriedades antioxidantes, que evitam a formação de radicais livres no organismo, também estão presentes no alho negro. Segundo o Centro de Análise Alimentar do Japão, elas são mais fortes do que as encontradas no alho in natura (ou alho fresco), podendo ser até dez vezes mais poderosas. Hipertensão arterial, altas taxas de colesterol, glicose e triglicérides também podem ser combatidas por causa do alto nível de polifenol presente no alimento. “Análises laboratoriais apontam que o alho negro possui poder de prevenir ou remediar numerosas doenças associadas ao estilo de vida contemporâneo”, explica Fernando Kondo, agrônomo pela Universidade Agrícola de Tóquio.
O processo de produção do alho negro acontece com a fermentação do alho in natura em temperatura de aproximadamente 65º C, o que garante maciez, sabor e nova textura ao produto. Não há adição de nenhum aditivo químico e o processo de fermentação apenas potencializa as características do alho in natura.
Ainda desconhecido por muitos brasileiros, o alimento já conta com alguns admiradores tanto por causa de suas propriedades terapêuticas como também para uso culinário. O Alho Negro do Sítio, produtor 100% nacional do alimento, realiza a fermentação do alho desde 2010. O sítio é mantido por um casal de agricultores japoneses no interior de São Paulo, e o produto passa por rigoroso controle de qualidade, que abrange desde a seleção do alho normal para a fermentação até o processo de embalagem.

Veja algumas dicas de receitas com o alho negro.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

5 dicas de alimentação para 2017

Por que minhas dietas não funcionam?