Dia Mundial do Doador de Sangue




Foto: Divulgação
Dúvidas ainda impedem muitas pessoas de doar sangue
        Um pequeno gesto que pode salvar muitas vidas. Dia 14 de junho, data instituída pela Organização Mundial de Saúde como Dia Mundial do Doador de Sangue, é uma maneira de agradecer e homenagear os doadores que ajudam a salvar muitas vidas diariamente. É também uma data para reforçar a importância de doar sangue voluntariamente, além de enfatizar a necessidade das doações regulares para garantir estoques de sangue nos hemocentros. Apesar de ser um ato simples e rápido, no Brasil muitas pessoas ainda não doam sangue por acreditarem em alguns mitos. Um ato que pode salvar até quatro vidas por doação, de acordo com a Fundação Pró-Sangue. Portanto, para incentivar as pessoas a serem voluntárias e a doarem sangue, os profissionais da Clínica Livon esclarecem algumas dúvidas sobre o assunto.

Quem está se recuperando de algum acidente grave pode doar sangue?
Dra. Marina Gaulke, fisioterapeuta - Depende da cirurgia que foi realizada, da medicação em uso e se houve traumatismo craniano. Mas normalmente após seis meses a um ano já é possível doar sangue.

Pessoas que possuem tatuagens ou piercings podem doar sangue?
Dra. Vanessa Cristina Soares, dermatologista - Pacientes que fizeram tatuagem ou colocação de piercing há menos de 12 meses não podem doar sangue. Após um ano a doação pode ser feita.

Quem está realizando tratamento para acne, pode doar sangue?
Dra. Vanessa - Pacientes que estão utilizando isotretioina oral para tratar de acne não podem doar sangue durante o tratamento. É recomendado que esperem um mês após o término do tratamento para doar.

Quem pratica exercícios regularmente pode doar sangue?
Carlos Eduardo Gonçalves, personal trainer - Não existe nenhuma contraindicação a quem pratica atividades físicas regularmente. A única dica é treinar mais leve no dia que for doar, ou aproveitar para doar no seu dia de descanso. 

Como pessoas com traumas de agulha e sangue podem superar o medo e se tornarem doadores de sangue?
Dra. Adriana Cândido da Silva, Psicóloga Clínica – É importante que, por meio de um trabalho psicoterapêutico, a pessoa fale sobre seu trauma para que assim possam ser identificados possíveis significados/sentidos que estão por trás desse medo e, a partir disso, dar novos significados/sentidos à história atrelada ao trauma. Isto permite ao futuro doador de sangue reelaborar sua história e possibilita um novo olhar a respeito de seu medo.

Quem toma algum tipo de suplemento pode doar sangue?
Dra. Graziela Alessandra Klein de Sousa, nutricionista - É bom deixar claro que a suplementação deve ser realizada por um profissional, porque muitos fazem uso de suplementação indiscriminadamente. De qualquer maneira, é importante que o candidato à doação de sangue relate tudo o que está ingerindo, para ter a certeza de que está apto à doação.

Quem pode doar sangue:
Qualquer pessoa com boa saúde
Idade entre 16 e 67 anos
Mais de 50 kg

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gosta de abacaxi? Saiba quais são os benefícios da fruta para o organismo

A vida pede atitude. Movimente-se