Pesquisa inédita: apesar de escolhas saudáveis, apenas 18% dos brasileiros são considerados saudáveis padrão

Estudo também apontou que 45% só acreditam em informação sobre saúde e nutrição quando endossadas por um profissional

 

Uma pesquisa inédita e exclusiva feita, em parceria pela Equilibrium Consultoria e OMNI Marketing, sobre o retrato da alimentação vista sob o olhar de dois públicos – internautas e formadores de opinião - revelou que brasileiros respondentes apontam para um perfil saudável, mas somente 18% apresentam características tradicionais relacionadas à saúde.

 

“Apesar de uma alimentação saudável, nem todos tem como foco a preocupação  com a saúde. Esse é um problema crônico que nossa população vive. Essa é a matemática perfeita entre alimentação desregulada, falta de exercícios físicos, além de falta de informação. Precisamos entender esse comportamento, caso contrário, não conseguiremos ajudar a sociedade a mudar o curso das previsões bastante alarmantes em saúde pública”, diz Cynthia Antonaccio, nutricionista e uma das responsáveis pela pesquisa Alimentação Saudável: perfil dos consumidores, mitos e verdades

 

A pesquisa foi feita com mais de 500 consumidores via web e cerca de 180 formadores de opinião (profissionais da saúde em sua maioria nutricionistas de atendimento, médicos e jornalistas especializados em saúde). Do universo total, 74% dos respondentes consideram o prazer importante ao escolher alimentos saudáveis. Além disso, foram apontados cinco perfis de grupos de consumidores, alguns que se preocupam muito e outros que são completamente desligados quando o assunto é “saúde”. O Saudável Padrão está acima da média. Suas compras incluem orgânicos, gorduras boas, desnatados e também é campeão em frutas, verduras e grãos. O Saudável Gourmet, apesar de não ser um consumidor de alimentos saudáveis, inclui frutas e integrais em sua cesta de compras. E, claro, é o que mais valoriza o prazer ao comer. O Saudável Controlador do Peso é tão rigoroso em sua auto-avaliação que se considera  pouco saudável, apesar de manter hábitos saudáveis e ir além, com a redução de sal e açúcar. É o perfil que ressalta os atributos de saúde e aparência que os alimentos podem proporcionar. O Saudável por Acaso é o mais dúbio dos perfis. Se diz saudável, mas não mostra um comportamento compatível, apesar de incluir frutas e vegetais. Ele não valoriza os atributos de saúde em um produto. Por fim, o Não Saudável, que não controla peso, não faz dieta, não compra alimentos saudáveis e tampouco tem comportamentos saudáveis. Pela pesquisa, esse índice chega a 8%.

 

Outro dado aponta que 45% dos respondentes só acreditam em informação sobre saúde e nutrição quando endossadas por um profissional.  “Esse é um dado importante nessa pesquisa. O brasileiro busca além do rótulo credenciais na informação”, diz Antonaccio.

 

Alguns números:

> 45% dos participantes da pesquisa, acreditam em uma nova informação sobre saúde e nutrição quando endossadas por um profissional de saúde.

> Os profissionais de saúde, ainda acreditam em 80% dos mitos sobre alimentação.

> 86% dos participantes da pesquisa, consideram o prazer como um beneficio importante em sua escolha de alimentos.

> 52% apresentam um perfil mais saudável, sendo que 34% mais preocupados com o peso e 18% mais preocupados com a saúde.

> 28% dos entrevistados buscam informações sobre produtos em sites e fan page das marcas

> 30% comem em casa pelo menos 1 vez por semana

> 51% não abre mão do prazer e eventualmente come pizza ou fritura

 

 

O perfil de saudabilidade do brasileiro:

Desligado - É o perfil menos saudável de todos. Apesar de se avaliar dentro de uma média saudável, não tem comportamentos saudáveis (baixo consumo de frutas e grãos), não controla peso, não faz dieta, não compra alimentos da cesta saudável. Apresenta alta valorização da indulgência. E não valoriza de atributos funcionais e de saúde em produtos.

 

Saudável Padrão: É o perfil mais saudável de todos, apesar de se avaliar dentro de uma média saudável. Coloca esta saudabilidade em prática ao consumir alimentos saudáveis, inclusive com destaque para orgânicos. Na cesta de compras é o perfil que inclui ORGÂNICOS, GORDURAS BOAS, LATICÍNIOS DESNATADOS.  É campeão na compra de frutas, vegetais e grãos. Mas abre mão da compra de alimentos indulgentes como chocolates e molhos prontos. É o que mais valoriza os atributos de saúde e bem estar como benefício dos alimentos. Mesmo sendo saudável, não é focado em controle de peso, apesar de buscar uma redução de calorias por critérios de saúde.

 

Saudável Gourmet - Avalia-se como pouco saudável, provavelmente porque não consome alimentos saudáveis, apesar de comprar elementos de saudabilidade como frutas e integrais. É um perfil que também valoriza atributos de saudabilidade em produtos industrializados, porém é o grupo que pontua mais alto para o atributo de PRAZER.  Não tem hábito de fazer dieta ou se preocupar tanto com o peso.

 

Saudável Controlador do peso: Pensa ser pouco saudável, apesar de manter hábitos rigorosos, como redução de sal e açúcar. Provavelmente isso deve-se ao seu perfil controlador e mais exigente em relação ao CONTROLE DE PESO e da dieta. Ao mesmo tempo vive o conflito com a indulgência, uma vez que valoriza o prazer. Diferente do Perfil Saudável Padrão, este vai viver o duelo, mas não vai abrir mão de incluir o chocolate entre outros itens de sua cesta saudável.  Atributos voltados para a saúde e aparência física tem mais valor para este consumidor.

 

Saudável por acaso - O mais dúbio dos perfis. Ele se auto-avalia saudável, mais do que os perfis Saudável Padrão e Saudável Controlador do Peso. Porém, na prática mostra um comportamento saudável mediano, consumindo frutas, mas não prestando tanta atenção para sal e açúcar. Valoriza por baixo a compra da cesta saudável. E não dá valor aos atributos de saúde de um produto. Para ele, o que chama atenção é o prazer. Se for saudável, ok. Mas tem que despertar a indulgência antes.

 

 

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gosta de abacaxi? Saiba quais são os benefícios da fruta para o organismo

A vida pede atitude. Movimente-se