Hospital do Coração dá dicas para garantir que a 'folia' não acabe antes da 4ª de cinzas

 

 

                 O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP faz um alerta. Os excessos típicos do Carnaval podem trazer sérios prejuízos para o corpo e fazer com que a festa acabe antes da hora.

                Algumas atitudes podem fazem a diferença para os foliões possam aproveitar todos os dias do feriado. Especialistas do HC fazem abaixo algumas recomendações para os foliões.

 

 

Nada substitui o sono 

Segundo Jacob Faintuch, professor e médico da Clínica Geral do HC-FMUSP, dormir de 7 a 8 horas é essencial. “O sono insuficiente pode levar a acidentes de carro, cansaço extremo e problemas imunológicos”.

 

Tomar bastante água

Principalmente se você não quer ter a indesejada “ressaca no dia seguinte”. Natália Sanchez, nutricionista clínica do HC, afirma que a hidratação é a melhor receita para evitar as dores de cabeça “pós-bebedeira”.  “Não ingerir bebida alcoólica de estômago vazio e tomar um copo de água no intervalo entre uma bebida alcoólica e outra pode ajudar muito”. Porém, é importante ter consciência e não abusar nunca do álcool. A hidratação pode ser feita com água mineral, água de coco e sucos.

 

É preciso se alimentar bem

É importante comer de quatro em quatro horas, mesmo em um momento de festa. É necessário repor a energia gasta. Porém, a alimentação deve manter-se equilibrada. Não são recomendados alimentos gordurosos, pois sua digestão é mais lenta, o que pode causar desconfortos. “Não é uma época boa para, por exemplo, fazer um churrasco ou encarar uma feijoada”, afirma Natália. Comer carboidratos, proteínas magras, saladas, frutas, sanduíches com pães integrais e castanhas são opções saudáveis. Na impossibilidade de sair para comer, barrinhas de cereais ajudam a manter o estômago forrado.  Na praia, evite alimentos manipulados. Prefira levar alimentos de casa para garantir a higienização.

 

Dores e infecções

Se tiver dores musculares ou articulares, o médico Jacob Faintuch aconselha usar antiinflamatório moderadamente, pois os medicamentos podem causar irritação gástrica e lesão renal.

O especialista também alerta que as grandes aglomerações de pessoas, o uso de ar condicionado, o excesso de ingestão alcoólica ou a falta de sono podem reduzir a resistência e facilitar o surgimento de infecções. Vitamina C não previne gripes. Portanto, “cuidado com os abusos”, alerta o professor.

 

Use camisinha

A Aids não têm cura. Além disso, o preservativo previne outras Doenças Sexualmente Transmissíveis, como sífilis, além de gravidez indesejada. Aproveite com consciência para não se arrepender depois.

 

Se dirigir, não beba

Direção e bebida alcoólica não se misturam. Se for beber, procure saber como irá voltar das festas antes mesmo de ir, definindo uma carona, ou optando, por exemplo, pelo transporte coletivo ou táxis.

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gosta de abacaxi? Saiba quais são os benefícios da fruta para o organismo

A vida pede atitude. Movimente-se