Hospital das Clínicas dá dicas para encarar o horário de verão

À zero hora deste domingo, 16 de outubro, relógios deverão ser adiantados uma hora


Todo mês de outubro, os brasileiros recebem uma notícia já corriqueira: o  início do horário de verão do País, que afeta os estados do Sul, Sudeste e Centro Oeste, além do Distrito Federal. Isso significa dormir e acordar uma hora mais cedo em algumas regiões, fato que exige certa adaptação do ser humano. Segundo o médico Arnaldo Lichtenstein, do Hospital das Clínicas da FMUSP, unidade ligada à Secretaria de Estado da Saúde, o melhor sono ocorre duas a três horas depois de escurecer.

Segundo ele, o hormônio regulador do sono "melatonina", acionado pela falta de luz, é alterado com a mudança de horário. "Para se adaptar ao novo horário, o ideal é evitar situações estimulantes no final da tarde ou na parte da noite", afirma, explicando que quanto mais estímulo maior a dificuldade do organismo em relaxar. Ele observa que outros hormônios, como o cortisol e o hormônio do crescimento, também sofrem variações durante o dia.

Evitar o consumo de café ou chá preto é uma das dicas dadas pelo médico do HC. "Exercícios físicos muito extenuantes também devem ser evitados", observa, citando ainda outras atitudes que podem prejudicar o descanso, tais como se alimentar demais no jantar, ir dormir sem comer, tomar banho muito frio ou muito quente, e ler livros ou ver filmes muito estimulantes nas horas que antecedem o sono. "O horário de verão não é única instância que desequilibra o organismo. Novos turnos de trabalho ou viagens internacionais podem agir da mesma forma", lembra.

Para manter a saúde, esses cuidados com o sono devem ser constantes o ano todo. "Dificuldade de dormir ou de acordar podem predispor o paciente a problemas cardíacos. O infarto, por exemplo, costuma ocorrer algumas horas depois de acordar e, principalmente, na segunda-feira, dia que o estresse comumente aumenta", diz Lichtenstein

Ele lembra que o bom ambiente de sono envolve local silencioso, escuro e arejado, e ressalta que uma boa dica para os dias que antecede à mudança é dormir a cada dia alguns minutos mais cedo.

Segundo o médico, outra dúvida comum é quanto aos horários das medicações. “A orientação é seguir o horário do relógio”, diz. E complementa com outra dica: “aproveite o final de tarde e início de noite mais claros para fazer atividades prazerosas e caminhadas”.

O horário de verão brasileiro terá início neste domingo, dia 16 de outubro, à zero hora, quando os relógios deverão ser adiantados uma hora.

Comentários

  1. Olá gostaria de sugerir uma capa com campeã da Fazenda 4. Joana Machado, acompanho a revista de vocês e desde que vi final do programa achei ela perfeita pra ser capa. Além de eu ser fã dela. Bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi gostaria de Sugerir Joana Machado na capa. Ela é muito indicada pra ser a capa, afinal ela é linda!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Dicas para uma ceia de Natal mais saudável

Qual a melhor forma de substituir o açúcar na dieta