Metade das crianças paulistas ainda não se vacinou contra meningite

Vacina entrou no calendário da rede pública e

está disponível para menores de dois anos de idade

Um balanço da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo mostra que metade das crianças menores de 2 anos ainda não se imunizaram contra a meningite C. A população nessa faixa etária é de 1,21 milhão de crianças, sendo que apenas 605 mil se vacinaram em todo o estado. A vacina está disponível na rede pública gratuitamente.

Em setembro de 2010, a Secretaria começou a disponibilizar, gratuitamente, pelo SUS (Sistema Único de Saúde), a vacina conjugada contra meningococo C, causador de uma das formas mais graves de meningite bacteriana.

Para as crianças com idades entre 1 e 2 anos é necessário apenas uma dose da vacina. Já as crianças menores de um ano precisam tomar duas doses da vacina e uma dose de reforço quando completarem 1 ano de idade para estarem completamente imunes à doença.

“Esta vacina tem um elevado índice de proteção, chegando a mais de 90%. Por isso é muito importante que as crianças menores de dois anos sejam levadas o quanto antes aos postos de saúde para serem imunizadas.”, diz Helena Sato, diretora de Imunização da Secretaria.

A vacina conjugada contra meningococo C é normalmente bem tolerada e não apresenta reações adversas graves. Somente crianças com histórico de reação anafilática em dose anterior não deverão receber a vacina.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gosta de abacaxi? Saiba quais são os benefícios da fruta para o organismo

A vida pede atitude. Movimente-se