ALGUNS BONS MOTIVOS PARA IR AO DENTISTA

 

 

 

 

 

Os cuidados com a boca, dentição e gengiva interferem na saúde global do organismo?

Quando a boca é bem cuidada os reflexos positivos da saúde e da beleza vão para todo o corpo. Ter uma mastigação adequada ou corrigir uma mordida pode evitar dores de cabeça e outros desconfortos que atingem a respiração e problemas cardíacos. Por exemplo, a endocardite bacteriana, decorrente de processos infecciosos, geralmente tem origem na cavidade oral. A questão estética também é importante nos dias de hoje, quem resiste a um sorriso bonito e saudável? Com os dentes em ordem é bem mais fácil manter o bem estar e auto-estima.

 

Qual a importância dos cuidados preventivos?

Visitas periódicas ao dentista de sua confiança são fundamentais para a prevenção de cáries, gengivites e mau hálito, além de poder controlar o desgaste dos dentes, evitando tratamentos mais longos. A higiene é determinante para saúde bucal, que vai depender de uma escovação correta e sistemática dos dentes e da língua, o fio dental não pode ser dispensado e as aplicações de flúor, feitas pelo dentista, auxiliam na prevenção de cáries.

 

Como orientar as crianças?

As crianças devem frequentar desde cedo o dentista, encontrando profissionais especializados que conduzem com habilidade a consulta e o tratamento de forma lúdica e agradável. Dessa maneira, elas vão querer voltar ao dentista e garantir a saúde bucal, criando o hábito e vínculos com o profissional.

 

O que fazer para ficar com dentes mais brancos?

Existem muitas técnicas de clareamento dentário. É importante fazer uma avaliação, para que o dentista junto com o paciente defina qual é o procedimento mais indicado. As técnicas vão desde raspagens e polimento até o uso de laser.

 

 

Dentista do Sono  X Ronco. Quem ganha essa parada?

O ronco incomoda não só a própria pessoa, mas também aos que estão ao seu redor. A intervenção do dentista nesses casos pode ser definitiva. A técnica, que não é cirúrgica nem invasiva, é indolor. Consiste num aparelho dental feito sob medida, que deve ser utilizado encaixado nos dentes, tanto na parte de cima, como na de baixo. O aparelho permite um sono mais tranquilo e impede o ronco, trazendo saúde e qualidade de vida. Com essa técnica,  ocorre a melhora da respiração bucal, resolvendo o problema, além das vantagens estéticas, haverá melhora fonética e do próprio aparelho respiratório.

 

Existe tratamento de Canal sem dor?

O canal só dói se não-tratado, quando uma cárie atinge a região ocupada pela polpa dentária radicular. Para quem não suporta dor, a Sedação vem sendo um recurso confortável e seguro.

 

Como lidar com maus hábitos?

O dentista poderá identificar quais são os hábitos prejudiciais - morder os lábios, roer unhas ou mastigar canetas - que através de orientação específica estimulará o paciente a se libertar dos mesmos.

 

Gengivas saudáveis garantem um sorrido  bonito?

É prudente o dentista avaliar os sangramentos gengivais, pois gengivas sadias são garantias de dentes bons por muito tempo. No caso de ser consequência de alguma doença, o dentista irá indicar um especialista. Já para corrigir a linha do sorriso que depende de dentes e gengivas bem cuidados, existem algumas alternativas que ajudam a deixá-lo invejável: reposicionamento dos dentes para dentro, diminuição ou aumento da gengiva e mudança no formato dos dentes.

 

Quando  substituir as antigas restaurações de amálgama?

As restaurações feitas em amálgama, independente do estado, devem ser substituídas pelas de resinas e porcelana que são imperceptíveis e duradouras.

 

Quando é indicada a colocação de próteses e implantes?

Tanto as próteses quanto os implantes possibilitam a substituição de um ou mais dentes perdidos e ajudam a diminuir o rendimento mastigatório que pode ocasionar dores de cabeça, ouvido e prejudicar a fonética, além de resgatar a estética, evitando constrangimentos e eliminando problemas como dente torto, escuro, com manchas, diastemas e outros.

 

Porque a mastigação é importante?

Mastigar melhor não significar mastigar muito. A perda de dentes, dentes tortos, sensibilidade nas gengivas, próteses frouxas ou falta de obturações podem ser responsáveis pela forma de mastigar inadequadamente. A boa mastigação minimiza ou elimina problemas futuros no aparelho digestivo, além de deixar a pessoa mais disposta.

 

Como evitar o mau hálito?

Cerca de 90% das causas do mau hálito estão na boca. Escovar os dentes e a língua é essencial, assim como visitar o dentista duas vezes ao ano também pode evitar uma situação desagradável.

 

Qual é idade certa para extração do siso?

Geralmente quando o dente do siso aponta e começa a incomodar, ele pode ser extraído. O terceiro molar costuma nascer próximo da maioridade. Para evitar problemas futuros, como prejuízo aos dentes vizinhos, é aconselhável sua retirada.

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Powered by Comunique-se

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gosta de abacaxi? Saiba quais são os benefícios da fruta para o organismo

A vida pede atitude. Movimente-se