Sinal de alerta para a mudança de cor da urina



A cor da urina revela desidratação e até mesmo outras doenças

      Muita gente nem imagina, mas a cor da urina pode dizer muito sobre a nossa saúde. De acordo com a médica nefrologista do Hospital Nossa Senhora das Graças (HNSG),  Fabiana Contieri, a cor, o aspecto e o cheiro da urina merecem atenção e podem trazer informações importantes sobre o organismo. É possível, por exemplo, saber se uma pessoa está com infecção, desidratada ou até mesmo com alguma doença mais grave.

    As cores amarelo escuro, âmbar ou mel, por exemplo, podem indicar desidratação. 

    Segundo a nefrologista a quantidade de água ingerida durante o dia tem relação direta com a concentração urinária. “Se a pessoa bebe pouca água, a urina fica mais escura, o que pode indicar desidratação, e quando a ingestão é correta, a urina fica bem diluída, com a cor amarela clara”, comenta a especialista.

   Entre as cores que podem indicar algum problema de saúde, estão a laranja, acastanhada, verde e até mesmo vermelha. “ A urina mais avermelhada pode indicar doença no trato urinário como cálculos ou tumores, localizados nos rins, ureteres, bexiga e uretra”. A urina saudável deve ser amarela clara, quase transparente, sem cheiro, com o mínimo de espuma e não deve causar qualquer dor ou desconforto ao urinar.

   A médica recomenda que as pessoas bebam em média dois litros de água por dia. Além de hidratar o organismo, o hábito evita complicações, como a infecção urinária, e formação de cálculos urinários. Quando bebemos pouca água, nossa urina concentra e os riscos aparecem. Porém, deve-se cuidar para não beber água abusivamente, pois mesmo o excesso faz mal. Também é importante ir ao banheiro quantas vezes for necessário. “ O hábito feminino de evitar qualquer banheiro e permanecer horas com a bexiga cheia é desaconselhável e aumenta o risco de infecção urinária”, complementa a Dra. Fabiana.


Cheiro e mudança da cor
    Além do aspecto da cor outro ponto a ser observado é o cheiro. A nefrologista explica: “A urina com cheiro está associada a infecção do trato urinário”, diz. Também é importante observar se apresenta mais espuma do que o habitual, o que pode traduzir a presença de perda proteica e uma doença renal. “A urina leitosa também pode significar infecção”, destaca ainda a médica.

   Entretanto, apesar da especialista explicar que a mudança da cor da urina pode indicar que algo não vai bem, não é motivo para se desesperar. Algumas condições podem mudar a cor, como a ingestão de alguns medicamentos que contém vitamina B, suplementos vitamínicos, e drágeas com corantes, cuja eliminação é urinária. Também há alterações na cor quando consumidos alguns alimentos, como cenoura, beterraba e amora. Na dúvida, é sempre importante consultar um especialista.

Qual é a sua cor?
Transparente: Quando bebe muito água, talvez até em exagero.
Amarelo palha muito claro: Normal
Amarelo Transparente: Normal
Amarelo Escuro: Normal, mais precisa beber mais água
Âmbar ou mel: Indica desidratação, deve-se beber mais água.
Espuma Efervescente: Pode indicar excesso de proteína na dieta ou problema renal.
Laranja: Pode ser falta de água, ou por causa do pigmento da comida. Se persistir pode ser problema no fígado ou vesícula.
Rosada|Avermelhada: Pode ser da comida. Se persistir, pode ser problema do fígado, vesícula, rim, próstata, infecção ou tumor.
Acastanhada: Indica desidratação severa ou problema de fígado.
Azulado ou esverdeado: Pode ser da comida, medicação, ou infecção bacteriana.


Na dúvida recomendamos sempre procurar um medico para exame de urina.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dicas para uma ceia de Natal mais saudável

Qual a melhor forma de substituir o açúcar na dieta