Cuide bem do seu coração




No dia do cardiologista, especialista  alerta a população para a importância de fazer o acompanhamento médico

   Dia 14 de agosto é o dia do cardiologista. E neste dia, o seu médico do coração alerta: é preciso ficar atento e fazer corretamente seu acompanhamento médico. No Brasil, as doenças cardiovasculares são responsáveis por cerca de 30% das mortes registradas por ano. As principais causas ainda são o infarto, o acidente vascular cerebral (AVC) e a morte súbita. A alta frequência do problema coloca o Brasil entre os 10 países com maior índice de mortes por estas doenças, com cerca de 330.000 mil mortes por ano, de acordo com o DATASUS. As doenças cardiovasculares são aquelas que afetam o coração e as artérias. Além do infarto e do acidente vascular cerebral, existem as arritmias cardíacas que causam a morte súbita. A principal característica das doenças cardiovasculares é a presença da aterosclerose, que é o acúmulo de placas de gordura nas artérias.

  “Esse acúmulo, ao longo dos anos, dificulta e impede a circulação do sangue pelo organismo, causando obstrução grave das artérias e levando ao infarto e ao AVC”, explica Olga Ferreira de Souza, coordenadora do Serviço de Arritmia e Eletrofisiologia da Rede D´Or São Luiz e presidente da Sociedade de Cardiologia do Estado do Rio de Janeiro (SOCERJ).

  As causas para este acúmulo podem ser por origem genética ou fatores externos como alimentação. Além do colesterol alto, a Hipertensão arterial, Diabetes Mellitus, Tabagismo, obesidade, estresse emocional e sedentarismo são fatores de risco para ocorrência de doenças cardiovasculares. 

  “A hipertensão arterial é o principal fator de risco para as doenças cardiovasculares. Cerca de 80% dos pacientes acometidos de AVC, por exemplo, tem hipertensão arterial”, alerta a médica. “O colesterol alto e a hipertensão arterial não causam sintomas e às vezes só são descobertos depois de um infarto. Portanto, a prevenção destes fatores é a melhor maneira de evitarmos as doenças cardiovasculares”, complementa.

  Por isso, a consulta regular a um cardiologista para avaliação da saúde cardiovascular é muito importante. Pessoas com histórico familiar de infarto, AVC, hipertensão arterial, diabetes mellitus e colesterol alto devem fazer este acompanhamento o quanto antes possível. Além disso, o controle da pressão arterial e do peso, a boa alimentação e a prática de atividades físicas são fundamentais. “O cardiologista é o melhor amigo do seu coração. Faça dele seu melhor amigo também”, finaliza.

Para saber de cor:
Você conhece o nível do seu colesterol? Sabe o valor da sua pressão arterial? Você controla o sal na sua alimentação? Você faz atividade física regular? Você fuma?
Você sabia? Controlando o colesterol reduzimos em 30% o risco de infarto e controlando a pressão arterial reduzimos em 45% o risco de AVC. Fique alerta!

Mantenha hábitos de vida saudáveis:
1. Pratique uma alimentação equilibrada rica em verduras, legumes, frutas, peixes e carnes magras
2. Controle o sal da sua alimentação
3. Não Fume
4. Pratique atividades físicas (ao menos 30 minutos, de 3 a 5 vezes na semana)
5. Reduza o seu nível de estresse emocional
6. Seja feliz!

SOBRE A REDE D’OR SÃO LUIZ
Fundada em 1977, a Rede D’Or São Luiz é a maior rede independente de hospitais do Brasil com presença no Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal e Pernambuco. O grupo opera com 27 hospitais próprios, dois hospitais sob gestão e três em fase de construção​. Possui mais de 4 mil leitos, com planos de chegar a 8 mil leitos em 5 anos. São ao todo 33 mil funcionários e 87 mil médicos credenciados, que realizam cerca de 2,7 milhões de atendimentos de emergência, 170 mil cirurgias, 25 mil partos e 270 mil internações por ano. Além dos centros hospitalares, a Rede D’Or São Luiz também conta com participação no Grupo Oncologia D’Or, rede de clínicas especializadas em tratamento oncológico em sete estados brasileiros.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

5 dicas de alimentação para 2017

Por que minhas dietas não funcionam?