Pizza saudável





Como preparar uma pizza mais saudável?

     Sabia que um milhão de pizzas são consumidas diariamente em São Paulo? E que são mais de sete mil estabelecimentos distribuídos por toda a cidade? Não restam dúvidas que este alimento original da Itália ganhou a preferência nacional. De mussarela, calabresa, napolitana, frango com catupiry... são mais de 150 sabores para agradar a todos os paladares.

     E claro que a turma da dieta também pode se deliciar com esta maravilha gastronômica! Para a nutricionista Darlianne Cardoso de Oliveira o hábito de comer é considerado um dos prazeres da vida, então porque se privar dele? O segredo da saúde e da boa forma está no equilíbrio da alimentação e na prática regular de atividade física.

     “Na realidade, não vai ser um pedaço de pizza que vai te deixar com sobrepeso e obesidade. Isso vai depender de um conjunto de fatores, tais como: adequação da sua alimentação durante toda semana, o funcionamento do seu ritmo intestinal, consumo diário de água, consumo diário de fibras, entre outros”.

      E lógico, sempre opte por recheios mais saudáveis:  “A dica é escolher sabores que contém alguns nutrientes benéficos como queijo branco, além de rechear a pizza com alimentos fontes de vitaminas (tomate, rúcula, pimentão, acelga, milho, cebola, brócolis). Também costumo sempre orientar meus pacientes para comer pizza ou outros alimentos muito calóricos apenas em uma ocasião especial (reunião com amigos, aniversários) ”. Quer adotar uma alimentação mais balanceada para sua vida mas não sabe como? Darlianne Cardoso preparou uma lista com 10 dicas importantes para deixar sua pizza mais light.

1. Queijo: opte por queijo branco porque são menos calóricos.
2. Massas integrais: alimentos integrais contém carboidrato do tipo complexo e são absorvidos mais lentamente pelo organismo evitando picos glicêmicos.
3. Massas finas: diminui a quantidade de carboidrato consumido.
4. Temperos: não tempere a pizza com sal. Se achar que está sem gosto, acrescente temperos naturais (pimenta calabresa, orégano, acelga, canela, etc.) e ou azeite de oliva.
5. Molhos: evite catchup ou maionese. Esses molhos são ricos em gorduras e sódio. Se fizer em casa, prefira um molho natural com tomates e bastante tempero natural.
6. Escolher vegetais para rechear: são mais nutritivos e vão agregar valor nutricional a um prato calórico.
7. Evite tomar refrigerante: não devemos consumir líquidos junto com alimentos. O correto é ingerir qualquer líquido 30 minutos antes ou após as refeições.
8. Evite azeitona: a maioria dos alimentos que são estocados em conservas contém bastante sódio. Se for preparar a pizza em casa lave as azeitonas com água potável várias vezes até tirar o máximo do sódio e dos conservantes.
9. Evite rechear sua pizza com embutidos: presunto, salame e salsicha contêm muitos conservantes e, além disso nitrito, que dificulta a absorção da proteína. Prefira rechear com frango, carnes magras, vegetais e legumes.
10. Fibras na massa: podemos acrescentar fontes de fibras na massa, tais como: linhaça, chia, grão de bico, aveia em flocos, gergelim, etc.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dicas para uma ceia de Natal mais saudável

Qual a melhor forma de substituir o açúcar na dieta