MOVIMENTO OUTUBRO ROSA

O Outubro Rosa foi concebido em 1997, nas cidades de Yuba e Lodi, na Califórnia (EUA). O movimento se caracteriza por colorir de rosa – cor símbolo da luta contra o câncer de mama, ambientes de acesso público. Tradicionalmente, o Outubro Rosa tem sido marcado pela iluminação de prédios e monumentos em cor-de-rosa; pela pintura de muros, calçadas e bancos de praças; pela mudança de cor dos ambientes de sites de empresas e organizações em geral; e por ações de diversas naturezas que objetivam chamar atenção para a causa. Mundialmente, a campanha já iluminou a Torre de Pisa, na Itália; o Arco do Triunfo, em Paris e entre inúmeros outros prédios e monumentos, em 2008, a Casa Branca, em Washington, e em 2009, as Pirâmides do Egito, eventos que contaram com a participação da presidente da FEMAMA, Dra. Maira Caleffi.

Em 2008 e 2009, o Brasil aderiu fortemente à campanha e foram iluminados o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro; a Pinacoteca, em São Paulo; a Ópera de Arame, no Paraná; o memorial Juscelino Kubitschek, em Brasília; o Palácio Piratini, o Museu Iberê Camargo e a chaminé da Usina do Gasômetro, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Várias atividades de divulgação da causa foram realizadas com a participação de voluntárias das Associadas FEMAMA, que prestaram orientações e distribuíram materiais impressos sobre os cuidados com a saúde da mama.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dicas para uma ceia de Natal mais saudável

Qual a melhor forma de substituir o açúcar na dieta